2022 é mais um ano de luta pelo Piso Salarial Nacional do Magistério | Por Antônio Radical

Em artigo anterior, de agosto do ano passado, debatíamos acerca da confusão proposital estabelecida no movimento docente da Educação Básica de todo o país por conta de uma “votação” ocorrida na Câmara dos Deputados do PL 3776/08, que determina a alteração do índice de reajuste do Piso Salarial Nacional do Magistério da Educação Básica que, pela Lei 11.738/08, sancionada no governo Lula, deve ser o ICA – Índice Custo Aluno – e, no PL citado, este índice passaria a ...

Continue lendo...

Com milhares de afastamentos pela Ômicron, sistema de saúde está à beira do colapso no país

Quase dois anos após o início da pandemia, o Brasil se reencontra com uma triste realidade: hospitais lotados, equipes de profissionais de saúde exaustas e reduzidas, devido ao avanço da variante Ômicron. O cenário é ruim e especialistas já afirmam que o sistema de saúde brasileiro deverá colapsar dentro de uma semana.A nova variante causou uma explosão de casos em todo o mundo. Somente em um dia da última semana, foram registrados mais de 3 milhões de novos ...

Continue lendo...

Governo Bolsonaro impede que Funai atue em terras indígenas não homologadas

No apagar das luzes de 2021, o governo federal lançou mais um ataque aos direitos indígenas. No dia 29 de dezembro, Alcir Teixeira, coordenador geral do Monitoramento Territorial, retirou da Funai a legitimidade para desenvolver atividades de proteção territorial nas terras indígenas ainda não homologadas.O caso só veio à tona na última semana, em denúncia realizada pelo jornalista Lauro Jardim (O Globo) e representa o avanço do desmonte dos órgãos fiscalizadores dedicados aos ...

Continue lendo...

Banco Central dispara juros e aprofunda crise fabricada | Por Maria Lúcia Fattorelli

Ao aumentar a Selic, o Banco Central provoca aumento de todas as taxas de juros de mercado, que correspondem a um dos principais preços da economia, pois os juros refletem o custo do dinheiro.Em 2021 o Banco Central já elevou a taxa básica de juros (Selic) em362,5%! A Selic estava em 2% ao ano no início de 2021 e foi elevada para 9,25% na última reunião realizada dia 8 de dezembro. O mercado já anuncia que em janeiro de 2022 a Selic deverá subir para 11,25%, conforme ...

Continue lendo...

Congresso promulga PEC dos Precatórios e oficializa calote de R$ 46 bi

O Congresso Nacional promulgou, quinta-feira (16), a Emenda Constitucional 114 com os trechos remanescentes da chamada "PEC dos Precatórios" (PEC 23). O texto estabelece a partir do próximo ano um limite no pagamento dos precatórios da União, que são as dívidas do governo, fruto de decisões judiciais definitivas.Em outras palavras, a medida impõe um calote que vai afetar milhares de brasileiros que ganharam ações na Justiça e agora verão seus direitos entrarem numa fila ...

Continue lendo...

Por conta de defasagem na tabela do IR, cerca de 15 milhões de pessoas pagam o que não deviam

A defasagem na correção da tabela do Imposto de Renda (IR) passa de 130%, considerando a inflação acumulada desde 1996, segundo levantamento da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Unafisco). Em 2022, essa defasagem prejudicará, pelo menos, 15 milhões de brasileiros de menor renda que pagarão IR, quando poderiam estar isentos, caso houvesse a correção da tabela. Entretanto, os efeitos também afetam os demais contribuintes que se enquadram nas demais ...

Continue lendo...

CSP-Conlutas denuncia crescente número de mortes de pessoas trans

O Setorial LGBTI da CSP-Conlutas denuncia em órgãos nacionais de Direitos Humanos da OAB, Comissão de Direitos Humanos da Câmara e do Senado e das Assembleias Legislativas dos Estados e comissões de DH das câmaras de vereadores das capitais dos Estados e Órgãos internacionais de Direitos humanos da ONU, OEA, Unasul e demais entidades sobre o número crescente de pessoas trans representado pelas travestis (sua maioria), pelas transexuais e pelos homens trans que, no Brasil é ...

Continue lendo...

Lideranças indígenas são presas por defenderem seu território

Um novo episódio de violência contra comunidades indígenas no Maranhão ocorreu nos dias 17 e 18. Cerca de vinte integrantes do povo Akroá Gamella, moradores da terra Taquaritiua, foram presos pela Polícia Militar, unicamente por resistir à presença de jagunços que invadiram o território a mando da empresa Equatorial Norte Energia. Armados e identificados como policiais, cerca de 60 homens ajudaram os funcionários da concessionária a dar início à instalação de torres de ...

Continue lendo...

Inflação tem maior alta em 19 anos e agrava piora nas condições de vida

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial no Brasil, registrou aumento de 1,25% no mês de outubro. É a maior alta em 19 anos. Em doze meses, o índice bateu na casa dos 10,67%. A alta nos preços atingiu patamares alarmantes que só fazem agravar as condições de vida dos brasileiros, principalmente os mais pobres. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e abrangem famílias com renda de 1 a 40 ...

Continue lendo...

Coordenação Nacional aprova 20 de novembro como dia de luta por Fora Bolsonaro e Mourão

Reunida entre os dias e 5 e 7 de novembro, de forma online, a Coordenação Nacional da CSP-CONLUTAS discutiu a situação enfrentada pelos trabalhadores no país, as lutas por territórios urbanos e rurais e dos povos originários e as mobilizações contra as opressões, a criminalização e perseguição de movimentos e lideranças, o machismo e o racismo. Sarah Rios, integrante do Conselho Fiscal da Adufs, esteve presente às discussões. Os participantes aprovaram o 20 de ...

Continue lendo...

Reunião da Coordenação Nacional debaterá nova agenda de lutas

A Coordenação Nacional da CSP-CONLUTAS, instância máxima da CSP-Conlutas entre os congressos, diante da brutal crise sanitária, econômica e política em que vive o Brasil hoje, debaterá em 5, 6 e 7 de novembro, os próximos passos da luta pelo Fora Bolsonaro e Mourão, que passa pela exigência da defesa do emprego e direitos contra a carestia e a inflação, contra as privatizações e a reforma administrativa.Preparar a intervenção da Central neste fim de ano de 2021 e início ...

Continue lendo...

A cada duas horas, um jovem negro foi morto violentamente no Brasil, entre 2016 e 2020

De 2016 a 2020, a cada duas horas, um adolescente negro, entre 15 e 19 anos, morreu vítima da violência no Brasil. Os números assustadores revelam que, para além de uma herança da escravidão, o extermínio da juventude negra e pobre no país trata-se de um plano sistemático levado a cabo pelo estado.Divulgado na última sexta-feira (22), o levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública e do Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) foi realizado a partir de ...

Continue lendo...