Adufs comemora 41 anos com debate sobre autonomia sindical

A Adufs completará 41 anos de lutas e conquistas no dia 14 de maio. Sempre empenhada na defesa da educação pública superior e, concomitantemente, atenta às demandas apresentadas ao conjunto da classe trabalhadora pela conjuntura nacional e internacional, a diretoria fará uma discussão sobre o tema: A autonomia e independência dos sindicatos frente à conjuntura das Eleições 2022. A atividade ocorrerá no dia 26 deste mês, às 16h30, no Anfiteatro do Módulo II. Estarão à ...

Continue lendo...

Diretoria da Adufs repudia ordem judicial que desrespeita ordem classificatória em concurso e autonomia da universidade

O episódio do atropelo na ordem classificatória do Concurso Público regido pelo Edital n. 01/2018, para ingresso na carreira do Magistério Superior da Universidade Estadual de Feira de Santana – UEFS, para a Área de Direito - componente curricular Serviço de Assistência Jurídica, impõe que o nosso Sindicato se manifeste de modo a repudiar o acontecimento. Configura-se como afronta à autonomia universitária a ordem judicial liminar, proferida no Processo ...

Continue lendo...

ANDES-SN repudia intervenção de Bolsonaro na escolha de reitora da UFG

O presidente Jair Bolsonaro interveio, novamente, na escolha do nome para a reitoria de uma universidade federal. Desrespeitando a decisão da comunidade acadêmica da Universidade Federal de Goiás (UFG), que havia escolhido no ano passado o nome de Sandramara Matias Chaves, o presidente impôs a nomeação da terceira colocada na lista tríplice, Angelita Lima, como reitora da UFG.Em nota, o ANDES-SN repudiou mais essa interferência de Bolsonaro nos processos internos das ...

Continue lendo...

Ataques à autonomia universitária se intensificam logo no início de 2022 reforçando a necessidade de defesa irrestrita à soberania das universidades

A autonomia universitária é uma garantia assegurada pelo art. 207 da Constituição Federal ao estabelecer que as universidades têm autonomia didático-científica, administrativa e de gestão financeira e patrimonial e obedecerão ao princípio da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão. Como definiu o sindicato nacional no seu caderno de texto na Proposta do Andes-SN para a Universidade Brasileira: “as definições do financiamento, da carreira docente, da política ...

Continue lendo...