Notícias

ANDES-SN

500 pessoas mais ricas faturam US$1,8 trilhão em 2020

11-01-2021 às 19h52

Enquanto milhões, no Brasil e ao redor do mundo, sofrem com a falta de emprego, renda, alimentos, sobrevivendo em situação de extrema pobreza, intensificada pela pandemia da Covid-19, um pequeno grupo vive realidade oposta. Beneficiadas pelo sistema capitalista, que tem como base a desigualdade social, as 500 pessoas mais ricas do mundo viram sua fortuna crescer US$ 1,8 trilhão em 2020.

De acordo com o Índice Bloomberg de Bilionários, o aumento representa 31% a mais que no ano anterior. Essa é a maior alta registrada desde que o índice foi criado. Juntas, essas 500 pessoas encerraram o ano passado com uma riqueza de US$ 7,6 trilhões.

Entre os dez que mais faturaram está Jeff Bezos, fundador da Amazon, cuja fortuna passou de US$ 77 bilhões para US$ 191,8 bilhões. O aumento se deve, em grande parte, ao crescimento do comércio online durante a pandemia e à superexploração dos trabalhadores da empresa. Há várias denúncias contra a empresa de Bezos por ataques a direitos sociais, concorrência desleal e cadeia obscura de fornecedores.

Leia na íntegra no site do ANDES-SN.
 


Compartilhe esta notícia:


Leia Também:

Total de Visitantes
2843981
Usuários Online
5
Avenida Transnordestina, MT 45, Novo Horizonte
Campus Universitário - UEFS CEP 44036-900
Feira de Santana - Bahia | Tels: (75) 3161-8072 / 3224-3368.
E-mail: adufs@uefs.br / adufsba@yahoo.com.br
Desenvolvido po Tacitus Tecnologia
Todos os direitos reservados © 2021 - ADUFS
Home Filie-se a ADUFS Contato