Notícias

CSP-Conlutas

Bolsonaro quer desviar 15% de verbas do Fundeb para escolas ligadas às igrejas

14-10-2020 às 13h16

O Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica), destinado ao financiamento de escolas públicas, pode sofrer um desfalque para beneficiar instituições privadas filantrópicas e ligadas às igrejas. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) defende que ao menos 15% do Fundo seja destinado às matriculas para escolas com viés religioso, assim como instituições privadas “sem fins lucrativos”. Atualmente, é proibido usar o recurso para financiamentos fora da rede estatal.

O Fundeb permanente foi aprovado em agosto pelo Congresso, mas segue em tramitação na Câmara para que seja regulamentado, ou seja, pode sofrer mudanças e ser rebaixado para beneficiar setores da igreja, base de apoio do governo Bolsonaro. Segundo a reportagem do Jornal O Globo da sexta-feira (9), o objetivo da medida é atender a pressão feita por entidades religiosas que querem acesso ao Fundo.

Na segunda-feira (5), Bolsonaro se reuniu com organizações religiosas e a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, para discutir que na regulamentação do Fundeb seja incluso o financiamento para essas instituições. O Fundo existe para financiar escolas públicas e sua transferência para instituições filantrópicas, mesmo que 15%, pode abrir caminho para a privatização.

Leia a matéria completa no site da CSP-Conlutas.
 


Compartilhe esta notícia:


Leia Também:

Total de Visitantes
2520216
Usuários Online
2
Avenida Transnordestina, MT 45, Novo Horizonte
Campus Universitário - UEFS CEP 44036-900
Feira de Santana - Bahia | Tels: (75) 3161-8072 / 3224-3368.
E-mail: adufs@uefs.br / adufsba@yahoo.com.br
Desenvolvido po Tacitus Tecnologia
Todos os direitos reservados © 2020 - ADUFS
Home Filie-se a ADUFS Contato