Notícias

TENTATIVA DE DIÁLOGO

Professores tentam diálogo com deputados estaduais, mas Comissão de Educação não se reúne por falta de quórum

23-12-2019 às 11h39

Ascom Fórum das ADs
Docentes foram até a ALBA
Docentes foram até a ALBA

Na última terça-feira (10), o Fórum das ADs foi à Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) para dialogar sobre a mesa de negociação permanente entre docentes e governo do Estado. O objetivo da ação foi também apresentar a posição do movimento docente sobre as possíveis “surpresas” de final de ano e, dessa forma, solicitar compromisso dos (as) deputados (as) em não votar favoravelmente às leis e/ou projetos que retirem direitos trabalhistas. Contudo, apesar dos esforços dos docentes, a reunião da Comissão de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia não aconteceu. Na ausência do espaço, o Fórum contactou as lideranças da bancada da Maioria, Minoria e presidência da Casa.

Segundo a assessoria da presidente da Comissão de Educação, deputada Fabíola Mansur (PSB), a falta de quórum se deu em função da inauguração de uma obra do Governo do Estado em Salvador, o Veículo Leve de Transporte (VLT), no Subúrbio. Ainda de acordo a assessoria, o quórum mínimo para a reunião ocorrer é de, no mínimo, cinco deputados que sejam membros titulares ou suplentes. Confira a lista dos (as) deputados (as) que compõem a comissão.

Persistente no objetivo de defender os direitos da categoria, o Fórum pautou nas lideranças da Maioria e da Minoria as questões das universidades estaduais. Na oportunidade, os (as) professores (as) encontraram deputados da bancada de oposição reunidos. Jucelho Dantas, representando a coordenação do Fórum das ADs, foi recebido pelos parlamentares da oposição de direita.

“Estamos aqui tentando diálogo porque conhecemos o histórico do governo Rui Costa (PT). Nos últimos anos, ao apagar das luzes, sempre é apresentado alguma medida de ataque aos servidores públicos baianos. Solicitamos aos deputados que não seja aprovado nenhum projeto nesta casa que venha de cima pra baixo, sem discussão com os trabalhadores do Estado. Ao mesmo tempo, também quero alertar sobre a necessidade de desemperrar a mesa de negociação entre o movimento docente e o governo. Chega final de ano, e os secretários tem tempo para tudo. Inaugura obras até de pequeno porte, mas são incapazes de ouvir e resolver a situação da educação pública da Bahia. Não é uma questão de agenda, é uma questão de falta de disposição em se reunir com o movimento docente. Ao que tudo indica, de maneira proposital, em função do final de ano”, denunciou a coordenação do Fórum das ADs.

Os componentes do Fórum das ADs tentaram um contato com o líder da Maioria da bancada da Casa, o deputado Rosemberg Pinto (PT), mas não foram atendidos. A justificativa foi a questão de agenda, mesmo Rosemberg estando presente na ALBA. Não recebendo o movimento docente, a assessoria do deputado acenou com uma possibilidade de reunião com o Fórum na quinta-feira (12), às 11h. O Fórum das ADs, na representação de André Uzêda, retornou à ALBA conforme o encaminhado. Mesmo tendo sido agendado previamente, Rosemberg, mais uma vez, não recebeu o representante docente. O presidente da ALBA, o deputado Nelson Leal (PTB) repetiu a atitude de seu colega, Rosemberg Pinto. Mesmo com a recusa, o Fórum das ADs reafirmou a disponibilidade dos (as) professores em reunir-se qualquer horário para conversar sobre o assunto.

Fonte: Ascom Fórum das ADs.  


Compartilhe esta notícia:


Leia Também:

Total de Visitantes
2446568
Usuários Online
4
Avenida Transnordestina, MT 45, Novo Horizonte
Campus Universitário - UEFS CEP 44036-900
Feira de Santana - Bahia | Tels: (75) 3161-8072 / 3224-3368.
E-mail: adufs@uefs.br / adufsba@yahoo.com.br
Desenvolvido po Tacitus Tecnologia
Todos os direitos reservados © 2020 - ADUFS
Home Filie-se a ADUFS Contato