Notícias

CSP-CONLUTAS

Bolsonaro tira R$ 1 bilhão da Educação por Reforma da Previdência

12-08-2019 às 17h02

Desde o início do ano, o governo Bolsonaro já retirou da Educação mais de R$ 6 bilhões, com o discurso de existência de problemas orçamentários. Entretanto, para aprovar a Reforma da Previdência não economizou recursos e prometeu repassar R$ 3 bilhões aos deputados que votassem a favor da medida, na velha política do toma-lá-da-cá de compra de votos. Tem ainda mais um detalhe: R$ 1 bilhão vai sair da Educação.

Essa manobra absurda consta do projeto de lei encaminhado pelo Executivo na última terça-feira (6). O texto remaneja recursos que estavam bloqueados para esse objetivo. O maior impacto negativo é na Educação. O MEC perde R$ 926 milhões, de acordo com o texto encaminhado, o que representa cerca de 15% do total bloqueado no MEC neste ano.

Os remanejamentos previstos no projeto atingem, na área da Educação, ações como o apoio à manutenção da educação infantil, concessão de bolsas na educação superior e básica e apoio ao funcionamento de instituições federais de ensino.

Os ataques de Bolsonaro à Educação não param. Há uma política deliberada deste governo de ultradireita de descaso a este setor que é essencial para a população. A política de cortes no orçamento já passam de R$ 6 bilhões e ameaça o funcionamento da Educação Básica, desde à infra-estrutura das escolas a questões como livros didáticos, sem contar as universidades públicos e institutos federais.

Fonte: CSP-CONLUTAS, com edição. 


Compartilhe esta notícia:


Leia Também:

Total de Visitantes
1547494
Usuários Online
4
Avenida Transnordestina, MT 45, Novo Horizonte
Campus Universitário - UEFS CEP 44036-900
Feira de Santana - Bahia | Tels: (75) 3161-8072 / 3224-3368.
E-mail: adufs@uefs.br / adufsba@yahoo.com.br
Desenvolvido po Tacitus Tecnologia
Todos os direitos reservados © 2019 - ADUFS
Home Filie-se a ADUFS Contato