Notícias

MOVIMENTO DOCENTE

Fórum das ADs protocola pauta de reivindicações 2019

24-12-2018 às 15h49

Ascom Fórum das ADs
Fórum cobrou negociação imediata
Fórum cobrou negociação imediata

Na sexta-feira (21,) o Fórum das ADs protocolou a pauta de reivindicações do movimento docente junto à Governadoria e Secretarias Estaduais da Educação (SEC), da Administração (Saeb) e das Relações Institucionais (Serin). O documento foi amplamente discutido e aprovado em todas as assembleias docentes das quatro universidades estaduais (Uefs, Uesc, Uesb e Uneb). A pauta protocolada reforça e atualiza os eixos de reivindicações da categoria do último ano. Entre as principais exigências está a abertura de negociação por parte do Governo Rui Costa com o movimento docente, que não ocorre há mais de três anos.

Pauta 2019

O governo se negou a negociar a pauta 2018. As reivindicações para 2019 seguem as mesmas deste ano, mas com atualizações. O índice de recomposição salarial reivindicado foi atualizado, devido ao aumento das perdas salariais da categoria docente que, assim como todo o funcionalismo público, já amarga quatro anos de congelamento salarial.

Segundo o cálculo do Fórum, as perdas salariais docentes já ultrapassam os 25%. O documento denuncia também os ataques aos orçamentos das universidades ocorridos ao longo do ano de 2018. Além de ter aprovado na Lei Orçamentária Anual (LOA) um recurso aquém do necessário, o governo durante todo o ano promoveu contingenciamentos em cima do orçamento previsto. Ou seja, não repassou às administrações o valor integral da cota orçamentária programada para as rubricas de manutenção e investimento de 2018. Os índices de contingenciamento chegam a cerca de 40%.

Dessa maneira, os docentes reivindicam:

1. Destinação de no mínimo, 7% da Receita Líquida de Impostos (RLI) do Estado da Bahia para o orçamento anual, com revisão do percentual a cada dois anos e de tal forma que o orçamento do ano não seja inferior ao executado no ano anterior e que seja assegurada a autonomia didático-científica, administrativa e de gestão financeira e patrimonial das universidades estaduais;

2. Reposição integral da inflação do período de 2015 a 2018, em uma única parcela, com índice igual ou superior ao IPCA;

3. Reajuste de 5,5% ao ano no salário base dos docentes para garantir a política de recuperação salarial, referente aos anos de 2015, 2016, 2017 e 2018;

4. Cumprimento dos direitos trabalhistas dos docentes, a exemplo das promoções na carreira, progressões, adicional de insalubridade, mudança de regime de trabalho, reimplantação da licença sabática, conforme o estabelecido no Estatuto do Magistério Superior Público das Universidades do Estado da Bahia – Lei 8.352/2002;

5. Ampliação e desvinculação de vaga/classe do quadro de cargos de provimento permanente do Magistério Público das Universidades do Estado da Bahia.

Leia a pauta 2019 na íntegra.

Liberdade de cátedra

Diante do avanço de forças conservadoras no cenário político nacional, com discursos e práticas que ameaçam as liberdades constitucionais de expressão, ensino e pensamento crítico nas instituições brasileiras, o Fórum também protocolou um documento sobre esse tema.

O documento, destinado ao Secretário Estadual de Educação, Walter Pinheiro, e ao governador da Bahia, Rui Costa, exige das autoridades baianas responsáveis a publicação de decretos que assegurem legalmente a prática docente em um prazo de dez dias. A exigência do Fórum das ADs tem como base também a recomendação 01/2018-PRDC/BA dos Ministérios Público Federal e da Bahia.

Leia na íntegra o documento sobre a liberdade de cátedra.

Acesse também a recomendação do Ministério Público.

Fonte: Ascom Fórum das ADs 


Compartilhe esta notícia:


Leia Também:

Total de Visitantes
1427110
Usuários Online
19
Avenida Transnordestina, MT 45, Novo Horizonte
Campus Universitário - UEFS CEP 44036-900
Feira de Santana - Bahia | Tels: (75) 3161-8072 / 3224-3368.
E-mail: adufs@uefs.br / adufsba@yahoo.com.br
Desenvolvido po Tacitus Tecnologia
Todos os direitos reservados © 2019 - ADUFS
Home Filie-se a ADUFS Contato