Notícias

CSP-CONLUTAS

Processo contra militantes do Quilombo Urbano em razão de protesto é arquivado

12-06-2018 às 11h45

Depois de dois adiamentos, o processo contra os quatro militantes do Quilombo Urbano, do Maranhão, foi arquivado. Uma importante vitória dos trabalhadores e do povo pobre, diante de tantas ações que vêm criminalizando os movimentos sociais, em um país onde a maior parte da população vive de forma desumana.

O processo contra os manifestantes foi iniciado após um protesto por saneamento, realizado por moradores dos bairros Coroado, Redenção e João Paulo, no dia 6 de novembro de 2017. O ato terminou com mais uma ação truculenta da tropa de choque da Polícia Militar (PM), que chegou reprimindo fortemente os manifestantes.

Por conta dessa ação, quatro militantes do Quilombo Urbano foram brutalmente agredidos, algemados e levados detidos para a delegacia. Dias depois, os manifestantes souberam que estavam sendo processados com base no artigo 129 do Código Penal, que trata sobre “ofensa à integridade corporal ou a saúde de outrem”, com pena de detenção, de três meses a um ano.

Lutar não é crime! Por dignidade! Contra o machismo e todas as formas de opressões! Fora Temer! Fora todos!

Fonte: CSP-CONLUTAS, com edição.


Compartilhe esta notícia:


Leia Também:

Total de Visitantes
1224747
Usuários Online
36
Avenida Transnordestina, MT 45, Novo Horizonte
Campus Universitário - UEFS CEP 44036-900
Feira de Santana - Bahia | Tels: (75) 3161-8072 / 3224-3368.
E-mail: adufs@uefs.br / adufsba@yahoo.com.br
Desenvolvido po Tacitus Tecnologia
Todos os direitos reservados © 2018 - ADUFS
Home Filie-se a ADUFS Contato