Clipagem

ANDES-SN

Docentes das estaduais da Bahia fazem dia de Luto contra repressão policial

01-09-2016

Docentes das Universidades Estaduais Baianas (Ueba) realizaram nesta terça-feira (30) diversos protestos pelo estado da Bahia no Dia Estadual de Luto contra a violência do Governo Rui Costa. O objetivo da atividade é denunciar a ação truculenta do Estado durante a manifestação do dia 22 de agosto, quando docentes da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) foram agredidos por policiais responsáveis pela segurança do governador, durante inauguração de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), em Vitória da Conquista.

Durante o dia 30, diversos protestos foram protagonizados pelos docentes das universidades estaduais da Bahia (Uneb), de Feira de Santana (Uefs), de Santa Cruz (Uesc) e do Sudoeste da Bahia (Uesb), com o apoio de estudantes e técnico-administrativos, cobraram celeridade na investigação que apura as agressões, o fim da criminalização dos movimentos sociais, e a liberdade de manifestação e de expressão. O Dia Estadual de Luto foi uma orientação do Fórum das Associações Docentes (ADs), que reúne representantes das Seções Sindicais do ANDES-SN das quatro universidades baianas. Como forma de protesto, docentes, servidores e estudantes vestiram roupas pretas.

Márcia Lemos, presidente da Associação dos Docentes da Uesb (Adusb – Seção Sindical do ANDES-SN), afirma que os docentes lutam agora para que as investigações sobre as agressões avancem, e para que o governo estadual se posicione de maneira oficial em relação ao ocorrido. “Estamos pressionando a delegacia e a perícia técnica para que os laudos médicos sejam enviados, e que a investigação comece. Caso isso não aconteça, temos laudos particulares para provar que houve agressão aos docentes. Exigimos, também, o pronunciamento oficial do governo da Bahia sobre a agressão”, diz a docente.

De acordo com Márcia, o Fórum das ADs tem reunião marcada com o secretário estadual de educação, Walter Pinheiro, no dia 19 de setembro, em Salvador. Além de discutir a pauta de reinvindicações da categoria, razão pela qual a reunião já estava agendada, o Fórum aproveitará a ocasião para cobrar novamente o governo baiano a se pronunciar sobre a violência contra os docentes na manifestação de 22 de agosto.

Manifestação em Vitória da Conquista

Os docentes da Uesb, em unidade com sindicatos de diferentes categorias do serviço público e movimentos sociais, foram às ruas de Vitória da Conquista repudiar a truculência promovida pelo governo estadual. Vestidos de preto, docentes denunciaram agressões promovidas por seguranças do governador Rui Costa, durante protesto no dia 22 de agosto, e cobraram a responsabilização do Estado. Mais de cem pessoas participaram do ato.  

Fonte: ANDES-SN

Leia Também:

Total de Visitantes
1065441
Usuários Online
19
Avenida Transnordestina, MT 45, Novo Horizonte
Campus Universitário - UEFS CEP 44036-900
Feira de Santana - Bahia | Tels: (75) 3161-8072 / 3224-3368.
E-mail: adufs@uefs.br / adufsba@yahoo.com.br
Desenvolvido po Tacitus Tecnologia
Todos os direitos reservados © 2017 - ADUFS
Home Filie-se a ADUFS Contato