Ano X - Edição 470 - 23/07/2018
-

Filiados a partir de janeiro de 2016 que tiveram a insalubridade cortada têm até o final de julho para serem contemplados por ação judicial

Termina no dia 31 deste mês o prazo para os filiados à Adufs a partir de janeiro de 2016, e que tiveram o adicional de insalubridade cortado pelo governo, procurem a secretaria da seção sindical. É necessário que os docentes apresentem, até esta data, cópia dos contracheques referentes aos meses de novembro e dezembro de 2015. Em posse desses documentos, a Assessoria Jurídica entrará com uma ação ordinária junto ao Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) para tentar reaver o pagamento.

Ainda é necessário que o professor assine uma autorização para a diretoria da Adufs representá-lo perante o TJ-BA. Além de disponível no site da seção sindical, a autorização encontra-se impressa na sede da Adufs.

É importante lembrar que o Mandado de Segurança impetrado pela diretoria da Adufs para garantir o pagamento da insalubridade se estende à totalidade de docentes da Uefs que tiveram o adicional cortado em novembro daquele ano pelo governo Rui Costa. Conforme a ação judicial, devem ser contemplados todos os professores, independentemente de serem sindicalizados ou não.

O desembargador Baltazar Miranda, relator do processo, já havia determinado, no segundo semestre de 2016, o restabelecimento do adicional em favor de todos os professores, conforme solicitado no Mandado. No entanto, no entendimento da Procuradoria Geral do Estado (PGE), que teve como base a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), as ações coletivas só beneficiam os servidores que se filiaram até a data na qual o processo foi impetrado, isto é, dezembro de 2015.

Leia algumas matérias sobre o processo que envolveu o corte do adicional de insalubridade e a luta da diretoria da Adufs para reaver o pagamento.

http://www.adufsba.org.br/noticias.php?id=2872

http://www.adufsba.org.br/noticias.php?id=2860

http://www.adufsba.org.br/noticias.php?id=2772

http://www.adufsba.org.br/noticias.php?id=2627

http://www.adufsba.org.br/noticias.php?id=2459

http://www.adufsba.org.br/noticias.php?id=2326

http://www.adufsba.org.br/noticias.php?id=1684

http://www.adufsba.org.br/noticias.php?id=1882

 

Filiação
A diretoria da Adufs entende que diante dos diversos ataques enfrentados constantemente pela classe trabalhadora, lutar sozinho elimina as chances de vitória e enfraquece a trajetória de conquista de direitos e benefícios do sindicato.

Por isso, os diretores reforçam a importância de os professores filiarem-se. Com o objetivo de facilitar esse processo, o site da Adufs possui um menu para o preenchimento do formulário de sindicalização. Preenchido, o documento deve ser entregue à seção sindical. Mais informações podem ser obtidas com a secretaria, nos telefones 3161-8072 ou 3224-3368. 

Compartilhe esta notícia!

LUTA UNIFICADA

Professores e estudantes da Uefs solicitam reunião com o reitor

Foto: Diretoria
Reunião ocorreu no dia 19 deste mês

Em reunião, a diretoria da Adufs, os representantes do Diretório Central dos Estudantes (DCE), o comando de greve do curso de Psicologia, além de alunos de variados cursos, com forte presença dos discentes de Matemática, encaminharam a convocação do reitor, Evandro do Nascimento, para uma reunião pública. Na pauta, a situação dos servidores aprovados nos concursos públicos realizados pela universidade e a apresentação do calendário de negociação do gestor da instituição com o governo. 

A reunião, ocorrida na última quinta-feira (19), integra a agenda de mobilização definida pelos professores, estudantes e técnico-administrativos para exigir do governo Rui Costa a nomeação dos aprovados nos concursos públicos realizados pela Uefs neste ano e para denunciar a política de sucateamento da educação pública superior levada a cabo pelo Estado da Bahia.

O encontro, marcado para ocorrer na sede da Adufs, foi transferido para o pórtico da universidade em respeito e apoio à manifestação dos estudantes do curso de Matemática por melhores condições de estudo. Apesar do fechamento do pórtico, os presentes reforçaram a importância de manter a reunião.

Leia mais.  

Compartilhe esta notícia!

RADICALIZAÇÃO DAS AÇÕES

Greve dos estudantes do curso de Psicologia completa oito dias

Estudantes do curso de Psicologia estão em greve desde a última segunda-feira (16). A categoria reivindica a implantação do Serviço-Escola, a contratação de professores, a estruturação do Laboratório de Análise Experimental do Comportamento e a construção do Laboratório de Informática.

Segundo os alunos, turmas de estágio estão comprometidas em função da ausência do Serviço-Escola, estrutura que também seria utilizada para atendimento psicológico à comunidade externa. Outra queixa é a falta de docentes para a oferta de disciplinas obrigatórias.

Se os aprovados no concurso público não forem contratados, no próximo semestre o curso de Psicologia terá 35 disciplinas sem professores.

Compartilhe esta notícia!

PROTESTO

Comunidade acadêmica cobra nomeação dos aprovados em concursos

Foto: Ascom/Adufs
Medida foi denunciada à população

O Parecer (nº 034/2018) imposto pelo governo Rui Costa e que inviabiliza a nomeação dos aprovados nos concursos públicos realizados pela universidade foi denunciado à população de Feira de Santana, na última quarta (18), em protesto realizado em frente à Prefeitura Municipal. A manifestação teve ampla cobertura da imprensa da cidade.

Além disso, na última terça-feira (17), as categorias que compõem a Uefs fizeram uma panfletagem no pórtico da instituição para alertar a comunidade interna sobre os desastrosos reflexos da indecorosa proposta do governo estadual.

Leia mais. 

Compartilhe esta notícia!

FORTALECIMENTO DO SINDICATO

Pesquisa ouvirá professores

Foto: Adufs

Com o objetivo de conhecer de forma aprofundada a posição da categoria sobre a seção sindical está sendo realizada uma pesquisa de opinião com os docentes. Será mantido total sigilo sobre as informações prestadas pelo entrevistado. A diretoria da Adufs solicita aos sorteados que contribuam com o questionário que está sendo aplicado.

Conforme a metodologia da pesquisa de opinião, serão entrevistados 282 docentes, entre os ativos e os aposentados, sindicalizados e não sindicalizados, de cada um dos nove departamentos existentes na Uefs. O serviço está sendo feito pela Empresa Júnior de Administração da Uefs.

Leia mais. 

Compartilhe esta notícia!


ANDES-SN

ANDES-SN realizará atividades durante Reunião da SBPC

Foto: ANDES-SN

O ANDES-SN realizará uma série de atividades sobre a educação e a ciência brasileiras durante a 70ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). O encontro, que ocorrerá na Universidade Federal de Alagoas (Ufal), em Maceió, começará nesta terça-feira (24) e seguirá até o dia 28 de julho. O Sindicato Nacional manterá uma tenda no evento entre os dias 24 e 26, no Instituto de Geografia, Desenvolvimento e Meio Ambiente.

No dia 25, às 15h, a tenda do ANDES-SN receberá a palestra “Securitização de dívidas: novas formas de endividamento e seus impactos sociais”, com a presença de Maria Lúcia Fatorelli e Cássio Araújo. Às 17h do mesmo dia haverá o debate sobre o tema “Universidade e Sociedade na Atualidade do Brasil”, com a presença de Antonio Gonçalves, presidente do ANDES-SN, e de José Menezes Gomes, docente da Ufal. Já no dia 26, às 17h, será realizada a mesa “Ciência & Tecnologia e Financiamento”, com Epitácio Macário, docente da Universidade Estadual do Ceará (Uece), e Luciana Ferreira da Silva, docente da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Cristine Monteiro, 2ª vice-presidente da Regional Nordeste II do ANDES-SN e uma das coordenadoras do Grupo de Trabalho de Ciência e Tecnologia (GTCT) do Sindicato Nacional, afirma que o objetivo de realizar atividades durante a reunião da SBPC é apresentar as posições e as publicações do ANDES-SN aos presentes no evento e debater com eles o projeto de educação pública para o país.

Fonte: ANDES-SN, com edição.

Compartilhe esta notícia!


CSP-Conlutas

Políticas recessivas e cortes sociais trazem de volta mortalidade infantil, doenças erradicadas e pobreza

Depois de 16 anos, o Brasil apresentou alta na taxa de mortalidade infantil. Foram 14 mortes a cada mil nascidos em 2016, um aumento de 4,8% em relação a 2015, quando 13,3 mortes foram registradas. O resultado interrompe uma trajetória contínua de queda que ocorria desde 1990.

A epidemia de zika vírus e a crise econômica foram apontadas pelo Ministério da Saúde como causas desse crescimento. Mas, entidades sociais, profissionais e pesquisadores apontam que problemas mais estruturais contribuíram para essa estatística, como cortes em programas sociais, a exemplo do Bolsa Família, e na saúde pública, com a extinção de leitos pediátricos nos hospitais públicos.

Em relação à pobreza e extrema pobreza, o economista Francisco Menezes, pesquisador do Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (Ibase), alerta que o Brasil pode voltar ao Mapa da Fome. Para Rosália Fernandes, dirigente do Sindsaúde-RN e integrante da Secretaria Executiva Nacional (SEN) da CSP-Conlutas, não há como negar a relação do aumento da pobreza com os problemas decorrentes da política de cortes do orçamento, privatizações e medidas recessivas dos governos.

Fonte: CSP-CONLUTAS, com edição.  

Compartilhe esta notícia!

Junte-se e lute!

FILIE-SE À ADUFS

"Ser filiado não é somente uma opção por melhoria das condições de salário e de trabalho. A luta sindical é imprescindível em tempos de destruição das conquistas dos trabalhadores e, no nosso caso, na tentativa de destruição do serviço público”..


Edson do Espírito Santo – Professor do Departamento de Educação (DEDU)

A força do sindicato está em seus/suas filiados (as) e na capacidade de defender os interesses da categoria. Desde a sua criação, em 1981, a Adufs tem pautado a luta em uma prática democrática, coerente e firme na defesa de um projeto de universidade pública.

Participar do sindicato é exercer cidadania, é ser sujeito da sua história. Para filiar-se é preciso preencher um formulário (aqui), autorizar o desconto mensal de 1% sobre os vencimentos, assinar e entregar na Sala da Associação, que fica no Módulo IV (MT 45) da Uefs.

Avenida Transnordestina, MT 45, Novo Horizonte
Campus Universitário - UEFS - CEP 44036-900 - Feira de Santana - BA
Tel: (75) 3224 - 8072 | 3224 - 3368
Email: ascomadufsba@gmail.com
www.adufsba.org.br

Facebook Twitter YouTube

Política de Privacidade | Unsubscribe
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia