Ano IX - Edição 443 - 19/12/2017
Categoria deve manter-se mobilizada - Foto: Acom Fórum das ADs

Pauta de reivindicações 2018 é protocolada

Apreciada nas assembleias dos professores das quatro Universidades Estaduais da Bahia (Ueba), a pauta indicada pelo Fórum das ADs para 2018 foi protocolada junto à Governadoria e às secretarias estaduais da Administração (Saeb), Educação (SEC) e das Relações Institucionais (Serin) na segunda-feira (18). O documento mantém alguns pontos apresentados em 2017, já que o governo Rui Costa se recusou a negociar com a categoria, e apresenta outras duas reivindicações relacionadas à atualização nos salários.

Além da destinação de, no mínimo, 7% da Receita Líquida de Impostos (RLI) do estado para o orçamento anual das universidades, do cumprimento dos direitos trabalhistas e da ampliação e desvinculação de vaga/classe do quadro de cargos, a categoria luta para garantir uma política de recuperação salarial. Nessa perspectiva, a pauta para o próximo ano inclui a reposição integral da inflação referente aos anos 2015-2017, mais 17,42% de reajuste, que equivale a 5,5% por ano, considerando o período entre 2015 e 2017. O índice foi calculado com base no ganho real médio da categoria entre 2007 e 2014. Veja a pauta.

Já que Rui Costa e equipe não garantiram a correção da inflação em 2016 e 2017 e nem a política de recomposição salarial proposta pelo Movimento Docente (MD) para este ano, os docentes tiveram grandes prejuízos. Até o mês de julho deste ano, por exemplo, um professor Auxiliar, nível A, teve uma perda acumulada de R$ 20.842,13. Se considerado o docente Pleno, o valor chega a R$ 52.066,78.

Recuo de Otto Alencar
Após agendar reunião com o Fórum das ADs para o dia 14 de dezembro, em Brasília, o senador Otto Alencar (PSD) retrocedeu na decisão e desmarcou de última hora, na tarde de quarta (13), o compromisso firmado com a categoria. A alegação do parlamentar para não receber os docentes foi a necessidade de retorno à Bahia por conta da agenda de atividades marcada para o interior com o governador Rui Costa.

O encontro foi marcado após solicitação do Fórum das ADs. A proposta era que Alencar atuasse como interlocutor de uma reunião com Rui Costa, já que o senador é da base aliada deste e ocupou importantes cargos na gestão do ex-governador Jaques Wagner.

Em Brasília ou não, a reunião poderia ter ocorrido, caso houvesse vontade política para tal. O Fórum das ADs sempre esteve, como continua, disposto a negociar.

Mobilização permanece durante o recesso
O Fórum das ADs reuniu-se segunda (18), na Aduneb, em Salvador, para sistematizar a pauta de reivindicações 2018 e definir os próximos passos da luta em defesa dos direitos trabalhistas e do orçamento das Ueba.

Inicialmente, já está confirmada a presença dos professores nos protestos que marcam a Lavagem do Bonfim, a ser realizada no dia 11 de janeiro de 2018, em Salvador. De 22 a 27 de janeiro próximo, também na capital baiana, a categoria volta a se reunir no 37º Congresso do ANDES-SN para discutir a política que norteará as ações do MD em nível nacional.

No dia 23 de janeiro, às 18h, como parte da atividade do 37°Congresso, está programado um grande ato público contra o extermínio da juventude negra. A mobilização rememora a chacina ocorrida no bairro Cabula, na capital baiana, em fevereiro de 2015. Professores universitários de todo país participarão do ato.

Uefs

Na Uefs, as falas dos presentes à assembleia realizada na última quarta (13) condenaram o descaso do governo da Bahia para com a educação pública superior e, concomitantemente, ponderaram sobre a necessidade de a categoria contribuir com o processo de construção da luta para fortalecer ainda mais o sindicato e ajudá-lo a enfrentar os ataques em curso.

Os desafios para 2018 serão muitos! Somente mobilizados, os professores conseguirão arrancar do governo a negociação da pauta.  

Compartilhe esta notícia!

DECISÃO DE ASSEMBLEIA

Professores da Uefs aprovam pauta para o próximo ano

Foto: Ascom/Adufs
Assembleia ocorreu no dia 13 deste

Em assembleia ocorrida na última quarta (13), a categoria aprovou, entre outros pontos, a pauta de reivindicações indicada pelo Fórum das ADs para 2018. Também foram eleitos os delegados do 37º Congresso do ANDES-SN, a ser realizado de 22 a 27 de janeiro de 2018, na Uneb, em Salvador.

Nas falas, os presentes criticaram veementemente a negligência dos gestores públicos para com a educação pública superior e destacaram a necessidade de a categoria fortalecer ainda mais o sindicato para enfrentar os ataques em curso.

Leia mais. 

Compartilhe esta notícia!

TRANSPORTE SALVADOR

Julgamento da ação que pede a retomada do ônibus foi adiado

Foto: Ascom/Adufs
Ônibus é uma conquista da categoria

O julgamento do Mandado de Segurança impetrado pela diretoria da Adufs para garantir a oferta do ônibus que atende aos professores da Uefs residentes em Salvador não ocorreu na última quinta (14), conforme previsto para a seção do dia. O documento voltará à pauta do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) somente no dia 25 de janeiro, após o fim do recesso do Judiciário baiano. 

O Mandado foi impetrado junto ao Tribunal de Justiça contra o secretário da Administração (Saeb), Edelvino Góes, ano passado. Atualmente, o serviço está garantido por conta de uma liminar da justiça favorável à ação impetrada por um grupo de professores da universidade. A liminar é válida até o julgamento do mérito da ação.

Leia mais.

Compartilhe esta notícia!

COMEMORAÇÃO

Nesta terça (19) tem confraternização de fim de ano

A confraternização natalina dos professores da Uefs será nesta terça-feira (19), às 19h, na Maison Luís Baldo, no bairro Santa Mônica. Haverá um espaço para recreação infantil, que terá os brinquedos cama elástica e tombo legal. A diretoria da Adufs ainda entregará aos docentes um kit composto por queijo do reino, champagne e panetone.

Animam o festejo de final de ano os artistas feirenses Marcos Heynna, que apresentará diversos estilos musicais, e a DJ Ray. Os professores também degustarão um delicioso buffet.

Leia mais. 

Compartilhe esta notícia!


ANDES-SN

ANDES-SN divulga cartaz do 37º Congresso

O ANDES-SN divulgou o cartaz do 37º Congresso do Sindicato Nacional. O evento, instância máxima de deliberação da categoria docente, acontecerá entre os dias 22 e 27 de janeiro, em Salvador (BA), com o tema central “Em defesa da educação pública e dos direitos da classe trabalhadora. 100 anos da reforma universitária de Córdoba”.

Reforma de Córdoba
Da juventude argentina de Córdoba aos homens livres da América. Assim começava o Manifesto de Córdoba, escrito em junho de 1918 na maior cidade do interior da Argentina, no momento em que estudantes ocupavam a Universidade de Córdoba e depunham o reitor conservador recentemente eleito, exigindo uma reforma na educação do continente. Era a explosão de um movimento que ficou conhecido como a Reforma de Córdoba, e abalou as estruturas de universidades em toda a América Latina.

Não à toa, a Reforma é lembrada no Brasil, cem anos depois. Foi ela que gerou as bases das universidades que existem hoje, deixando um legado marcante na educação do continente.

Fonte: ANDES-SN, com edição. 

Compartilhe esta notícia!

Luta dos docentes da Uern em greve garante regulamentação do auxílio-saúde

Em greve desde o dia 10 de novembro, os docentes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) conquistaram a regulamentação do repasse do auxílio-saúde, por parte do governo do Estado, aos docentes e técnico-administrativos da universidade. O projeto foi aprovado por unanimidade, na terça-feira (12), em sessão da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (Alern) e segue, agora, para a sanção do governador Robinson Faria (PSD).

A conquista é consequência da luta unificada das categorias e representa a garantia de um direito histórico dos trabalhadores da universidade. O auxílio aprovado contempla docentes e técnicos da ativa e aposentados, respeitando a isonomia das categorias. O movimento grevista continua com diversas atividades de mobilização.

Fonte: ANDES-SN, com edição. 

Compartilhe esta notícia!


CSP-Conlutas

Reforma da Previdência adiada para 19 de fevereiro

Depois de muito vai e volta e desencontro de informações sobre a votação ou não da Reforma da Previdência ainda este ano, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), anunciou que a votação ficará mesmo para 19 de fevereiro de 2018.

O dirigente da CSP-Conlutas, Luiz Carlos Prates, segue com a orientação aos trabalhadores de que se mantenham mobilizados. “Nós não podemos baixar a guarda. Temos de continuar nossa mobilização. Tivemos uma vitória parcial, o que demonstra que é possível derrotar a Reforma da Previdência. Precisamos preparar uma grande Greve Geral para o próximo ano, como as diversas categorias já vêm reivindicando”, salientou.

Fonte: CSP-CONLUTAS, com edição.

Compartilhe esta notícia!

Congresso aprova Orçamento 2018: recursos do país seguem sendo sugados pela Dívida Pública, enquanto áreas sociais sofrem cortes

Foto: CSP-Conlutas

A famigerada Emenda Constitucional 95, que congelou os investimentos públicos por 20 anos, começou a surtir efeitos negativos para a população. O Congresso aprovou no dia 13 deste, o orçamento de 2018, que foi alvo de vários cortes em áreas essenciais.

Estão previstos recursos da ordem de R$ 3,57 trilhões. Desse total, R$ 1,16 trilhão são destinados ao refinanciamento da Dívida Pública. Sobram à União cerca de R$ 2,42 trilhões e apenas R$ 112,9 bilhões são destinados aos investimentos públicos.

Enquanto o pagamento com juros da dívida pública chega ao montante de R$ 316 bilhões, Saúde tem previsão de gastos de R$ 119,2 bilhões e Educação, pela proposta aprovada, chegará a R$ 89 bilhões.

O texto prevê que o salário mínimo passará dos atuais R$ 937 para R$ 965. O valor final é menor do que os R$ 979 inicialmente previstos na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) e muito distante do que seria o mínimo aceitável para suprir as necessidades básicas de uma família que, segundo o Dieese, seria de R$ 3.731,39, em novembro.

Fonte: CSP-CONLUTAS, com edição.

Compartilhe esta notícia!

Junte-se e lute!

FILIE-SE À ADUFS

Ser filiado não é somente uma opção por melhoria das condições de salário e de trabalho. A luta sindical é imprescindível em tempos de destruição das conquistas dos trabalhadores e, no nosso caso, na tentativa de destruição do serviço público.


Edson do Espírito Santo – Professor do Departamento de Educação (DEDU)

A força do sindicato está em seus/suas filiados (as) e na capacidade de defender os interesses da categoria. Desde a sua criação, em 1981, a Adufs tem pautado a luta em uma prática democrática, coerente e firme na defesa de um projeto de universidade pública.

Participar do sindicato é exercer cidadania, é ser sujeito da sua história. Para filiar-se é preciso preencher um formulário (aqui), autorizar o desconto mensal de 1% sobre os vencimentos, assinar e entregar na Sala da Associação, que fica no Módulo IV (MT 45) da Uefs.

Avenida Transnordestina, MT 45, Novo Horizonte
Campus Universitário - UEFS - CEP 44036-900 - Feira de Santana - BA
Tel: (75) 3224 - 8072 | 3224 - 3368
Email: ascomadufsba@gmail.com
www.adufsba.org.br

Facebook Twitter YouTube

Política de Privacidade | Unsubscribe
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia